Policial Militar é cidadão?

10 de março de 2009

policia

Quando escolhemos o título do Blog, pensamos no cidadão que tem segurança como o serviço do qual precisa, mas sobretudo pensamos no agente que promove segurança e sofre com sua identificação como cidadão da própria sociedade de que que é proveniente:

Cidadão-SSP é o policial, membro da sociedade, que precisa gritar para ser ouvido como partícipe dos mesmos direitos comuns, caso contrário, ainda poderia ser visto como cidadão de segunda classe. Profissional da Segurança Pública recebe a carga final dos desarranjos sociais.

Por iso ficamos bastante interessados em recomendar a leitura do artigo: Policial Militar é cidadão? Do Tenente da Polícia Militar do Estado do Tocantins, Rodrigo Nascimento Lacerda Guimarães

pdf-adobe

Clique aqui para ler o artigo_policial_militar_e_cidadao

Resumo: Este ensaio remete à reflexão a respeito da discriminação e privação dos  direitos  básicos  de  cidadania  constatadas  no  ordenamento  jurídico brasileiro consoante aos servidores públicos estaduais militares.


Valores da Cultura Organizacional miliciana

3 de março de 2009

valores_brigada1Tem horas que só uma pesquisa pode revelar a verdade sobre temas que apenas supomos ou usamos do achismo. Pois bem, em oportunidade de ministrar Administração PM para a turma do CFCP-2006, na cidade de Arapiraca-AL, tive contato com uma produção científica, uma dissertação de mestrado da UFRS, de autoria do brigadiano José Luiz Licks, que defendeu a INFLUÊNCIA DOS VALORES E DOS INTERESSES NA IMPLANTAÇÃO DE UM PROCESSO DE MUDANÇA EM ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS: o caso da Brigada Militar.

brasao_brigada

Clique aqui para ler o artigo na íntegra (PDF)

Pontos Interessantes

Através da análise dos dados coletados em pesquisa, podemos observar as diferenças de interesses corporativos entre as diversas classes da hierarquia militar. Podemos ver os valores mais apreciados e entre eles destaco uma valoração, para mim inesperada, de basilares como hierarquia e disciplina. Alguns pesquisados comentam a falta que esses príncipios tem acarretado em deseorganização interna. Enquanto para oficiais de alta patente a ascenção profissional não são motivos de frustração, para as praça já o é, tal como os procedimentos disciplinares.

Compare a diferença de interesses entre os diversos grupos, representados pelas associações de classe:

quadro_valores1