Concurso

Dúvida cruel: quantos vão ser chamados? Porra! Esse Edital é macabro, não tem conversa com nenhum tipo de reserva.

ConcursoPMAL2017Depois de receber algumas dúvidas de candidatos, tanto via comentários não Blog e mensagem via Messenger, resolvemos preparar uma errata sobre a questão da quantidade de pessoas convocadas para a segunda fase e para o curso. Realmente havíamos veiculado algumas informações contraditórias e cabe a nós mesmos esclarecer.

Desde já um abraço aos guerreiros Willian de Palmeira e José de Maceió, como os seus depoimentos definitivos. Aproveite um salve para o pessoal de Arapiraca, Delmiro Gouveia e Santana do Ipanema. Também faz o nosso “merchandising”.

Precisa passar no Teste Físico do concurso e não sabe como? Tá um tempão parado, acha que não vai consegui? Teve boa nota e agora, você está treinando para fazer barra? E para a corrida? Meu Deus, eo concurso do Bombeiro, tem natação! Calma … saiba como agir em https://go.hotmart.com/P6782635P

banner-provataf-300x250.jpg

 

 Vamos à questão …

Quantos vão ser convocados?
Pense em cada etapa como um “paredão do Big-Brother”.

 

 

1 º Paredão – Da Prova para os Exames Médicos

Agora com o resultado da Prova Escrita: 1.800 + os empatados da última posição, ou seja, da “nota de corte”. Prevemos algo entorno de 100 a 200 empatados. Digamos que sigam 1.950 para uma próxima fase.

Sobre uma possível nota de corte eu prefiro acompanhar uma análise do professor Anderson Pereira do Curso Preparatório ESTUDEANTES:
http://www.jaenoticia.com.br/blog/693/C0NCURS0-PMAL-2017:-Qual-sera-a-nota -de-corte

Isso corresponde ao item 7.1

  1. DA AVALIAÇÃO MÉDICA DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE FÍSICA E MENTAL

7.1 Respeitados os empates na última colocação, são convocados para uma avaliação médica das condições de saúde física e mental, de caráter eliminatório, de candidatos aprovados e classificados nas provas objetivas até 1.800ª posição.

2º Paredão – Dos Exames Médicos para o TAF

Neste “paredão” só caí quem tiver algum problema elencado no item 7.15, dá lá uma olhada principalmente quem já sabe que tem desvio de coluna, problema de visão, que já teve doença pulmonar,  que já fez cirurgia etc.

Por exemplo, nessa lista, eu destaco que dentro dela e dos exames do item 7.14 tem um “Exame Psiquiátrico” embutido:

Não serão aceitos quem tenha…

XIV – doenças psiquiátricas:

  1. a) transtornos mentais e de comportamentos do uso de substâncias psicoativas;
  2. b) esquizofrenia, transtornos esquizotípicos e delirantes;
  3. c) transtornos do humor;
  4. d) transtornos neuróticos;
  5. e) transtornos de ansiedade;
  6. f) transtornos do espectro autista;
  7. g) transtornos de personalidade e de comportamento; 19
  8. h) retardo mental;
  9. i) dependência de álcool e drogas;

 

E como isso vai ser examinado?

Com a Entrega de laudo descritivo e conclusivo de consulta médica psiquiátrica realizada POR médico Especialista (psiquiatra), Que DEVE obrigatoriamente citar: Consciência, Orientação, Atenção, Pensamento (curso, forma e Conteúdo), memoria, senso-Percepção, humor / Afeto, cognição / inteligência, capacidade de tiroteio e juízo crítico, linguagem, uso (ou não) de medicamentos psicotrópicos (psicofármacos), que deve obrigatoriamente seguir modelo constante do Anexo I deste edital.

 

Esse “paredão” corresponde ao item

8.1 Os candidatos a aptos na avaliação médica das condições de saúde física e mental são convocados para o teste de aptidão física.

Bem esse paredão não tem classificação, é só apto ou inapto. Passou continua no páreo, não passou tá fora.

 

3º Paredão – Do TAF para a Investigação Social

Agora, você precisa de um exame de segurança. Nessa fase dos nossos hipotéticos 1.950, aguarde até aqui em torno de 1700 a 1800 (estimativa livre).

O que é necessário fazer nessa etapa?

Quatro provas físicas em dois dias. 1º dia: abdominal, barra fixa (ou isometria na barra) e corrida de ir e vir. 2º dia: Corrida que tem tempo e distância diferente para homens e mulheres.

Veja nesse link a tabela e vídeos de como fazer:

Entenda como será o Teste de Aptidão Física do Concurso PMAL 2017
https://cidadaossp.wordpress.com/2017/11/08/entenda-como-sera-o-teste-de-aptidao-fisica-do-concurso-pmal- 2017 /

Como fazer exercícios do teste físico (TAF) do Concurso da PM (AL – 2017)
https://cidadaossp.wordpress.com/2017/11/08/como-devo-fazer-os-exercicios-do-teste-fisico- taf-do-concurso-da-pm-al-2017 /

 

Para passar para o próximo paredão o item Edital é

9.1 Os documentos descritos no subitem 9.2 deste edital deverão ser entregues em data, horário e local a ser definidos pelo Cebraspe, no mesmo período do teste de aptidão física.

9.1.1 Os candidatos considerados aptos no teste de aptidão física terão seus documentos avaliados, e se comprovados, serão submetidos à investigação social

 

 4º Paredão – Da Investigação Social para homologação

Chegando até aqui e você vai enviar a informação e hora marcada depois de alguns dias do TAF, a seguir documentação, item 9.2:

 

  1. a) nada consta da Justiça Federal;
  2. b) nada consta da Justiça Estadual;
  3. c) nada consta da Justiça Eleitoral;
  4. d) nada consta da Polícia Judiciária;
  5. e) nada consta da Justiça Militar Estadual, para os militares;
  6. f) nada consta da Corregedoria da corporação de origem, para os militares estaduais;
  7. g) nada consta das Organizações Militares Federais, para os militares das Forças Armadas;
  8. h) uma foto 3 x 4 de frente, colorida com fundo branco;
  9. i) duas fotos 5 x 7 de frente, colorida com fundo branco;
  10. j) carteira de identidade (cópia autenticada em cartório);
  11. k) certidão de nascimento ou casamento (cópia autenticada em cartório);
  12. l) PIS ou PASEP, se possuir (cópia autenticada em carrinho);
  13. m) CPF (cópia autenticada em cartório);
  14. n) título de eleitor e comprovação de que se encontre bastante com uma Justiça Eleitoral (cópia autenticada em

cartório);

  1. o) certificado de reservista militar ou dispensa de incorporação;
  2. p) declaração de bens.

 

baixar

 5º e Último paredão

Aqui vem um rosto macabra do Edital: não tem reserva de fim de espécie.

E é 1000! E acabou. Visite a edição, e a jurisprudência de segunda e terceira instância.

Item 10.5 do Edital: Da homologação do certame, somente constarão os candidatos classificados dentro do número de vagas previstas no edital, sendo os demais candidatos considerados eliminados e sem classificação alguma no certame, inexistindo, portanto, cadastro reserva.

 

https://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca?q=PRETERI%C3%87%C3%83O%20DE%20CANDIDATOS%20APROVADOS%20DENTRO%20DO%20PRAZO%20DE%20VALIDADE

 

TJ-RS – Apelação Cível AC 70055835516 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 25/11/2013

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. ADMINISTRATIVO. CONSTITUCIONAL. CONCURSO PÚBLICO. PRETERIÇÃO. INOCORRÊNCIA. DISCRICIONARIEDADE DA ADMINISTRAÇÃO PARA PROCEDER À NOMEAÇÃO DENTRO DO PRAZO DE VALIDADE DO CONCURSO. CANDIDATOS APROVADOS FORA DO NÚMERO DE VAGAS DO EDITAL.

Dentro do prazo de validade do concurso, a Administração tem poder discricionário para o poder do momento da nomeação do candidato aprovado, consoante critérios de oportunidade e conveniência. Somente o candidato aprovado dentro do número de vagas do concurso tem direito subjetivo à nomeação. O candidato aprovado para o número de vagas previstas não edital do concurso público não tem direito subjetivo a nomeação, ainda que dentro do prazo de validade do concurso surjam novas vagas. Nessa hipótese, ser for as ofertas novas e vagas de acordo com critérios de conveniência e oportunidade, desde que respeitado a classificação de candidatos e outros ainda dentro do seu prazo de validade. Realização de novo concurso para preenchimento de cadastro de reserva não importa em preterição de candidatos aprovados para o número de vagas do concurso anterior para o mesmo cargo. NEGADO PROVIMENTO AO RECURSO DE APELAÇÃO. (Apelação Cível Nº 70055835516, Quarta Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: José Luiz Reis de Azambuja, Julgado em 13/11/2013)

 

Olha na Polícia Militar a preterição é muito difícil porque não há contratação de temporário, pelo menos, não mais:
https://www.jusbrasil.com.br/topicos/28352024/pretericao-de-concurso-publico-stf

 

 

STF – AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO RE 596028 MA (STF)

Data de publicação: 19/11/2013

Ementa: AGRAVO REGIMENTAL EM RECURSO EXTRAORDINÁRIO. EXISTÊNCIA DE CANDIDATOS APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO. CONTRATAÇÃO DE SERVIDORES TEMPORÁRIOS. PRETERIÇÃO CONFIGURADA. AUSÊNCIA DE PREQUESTIONAMENTO. SÚMULAS 282 E 356/STF. PRECEDENTES A questão constitucional referente à suposta violação ao art. 37 , IX , da Constituição Federal não foi objeto de análise pelo Tribunal de origem. Incidência das Súmulas 282 e 356/STF. O acórdão recorrido está alinhado à jurisprudência do Supremo Tribunal Federal no sentido de que a contratação de temporários para o exercício de atribuições próprias do cargo efetivo, durante a vigência de concurso público com candidatos aprovados, configura preterição e gera a estes direito subjetivo à nomeação. Precedentes. Agravo regimental a que se nega provimento.

Encontrado em: -GERAL DO ESTADO DO MARANHÃO. FRANCISCO WILCIRLAN LOPES ROCHA. COSMO ALEXANDRE DA SILVA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO RE 596028 MA (STF) Min. ROBERTO BARROSO

 

Leia aqui Jurisprudência sobre a Súmula 15: “Dentro do prazo de validade do concurso, o candidato aprovado tem direito à nomeação, quando o cargo for preenchido sem observância da classificação”.

http://www.stf.jus.br/portal/jurisprudencia/menuSumarioSumulas.asp?sumula=1456

 

Exemplo do que tem sobre o assunto:

  • Cadastro reserva e ausência de direito subjetivo à nomeação.

“Este Supremo Tribunal Federal já assentou que candidato aprovado em concurso público para formação de cadastro reserva é mero detentor de expectativa de direito à nomeação.” (MS 31732 ED, Relator Ministro Dias Toffoli, Primeira Turma, julgamento em 3.12.2013, DJe de 18.12.2013)

 

Pesquisa pronta: cadastro de reserva em concurso público.
http://tinyurl.com/j9979pp

 

 

  • Hipótese de direito subjetivo à nomeação de candidatos aprovados fora do número de vagas

“A tese objetiva assentada em sede desta repercussão geral é a de que o surgimento de novas vagas ou a abertura de novo concurso para o mesmo cargo, durante o prazo de validade do certame anterior, não gera automaticamente o direito à nomeação dos candidatos aprovados fora das vagas previstas no edital, ressalvadas as hipóteses de preterição arbitrária e imotivada por parte da administração, caracterizadas por comportamento tácito ou expresso do Poder Público capaz de revelar a inequívoca necessidade de nomeação do aprovado durante o período de validade do certame, a ser demonstrada de forma cabal pelo candidato. Assim, a discricionariedade da Administração quanto à convocação de aprovados em concurso público fica reduzida ao patamar zero (Ermessensreduzierung auf Null), fazendo exsurgir o direito subjetivo à nomeação, verbi gratia, nas seguintes hipóteses excepcionais: i) Quando a aprovação ocorrer dentro do número de vagas dentro do edital (RE 598.099); ii) Quando houver preterição na nomeação por não observância da ordem de classificação (Súmula 15 do STF); iii) Quando surgirem novas vagas, ou for aberto novo concurso durante a validade do certame anterior, e ocorrer a preterição de candidatos aprovados fora das vagas de forma arbitrária e imotivada por parte da administração nos termos acima.” (RE 837311, Relator Ministro Luiz Fux, Tribunal Pleno, julgamento em 9.12.2015, DJe de 18.4.2016, com repercussão geral – tema 784)

Pesquisa pronta: direito à nomeação e existência de cargos vagos.

http://tinyurl.com/oaje2t8

Portanto,

Camarada… minha análise: olha a Cespe blindou de tal forma que até os da sobra de 800 mais os do empate da última colocação terão dificuldade de arguir em juízo.

Ou seja, só os mil. Estou estudando como seria diferente, mas temos que ter consciência que esse governo mesmo o de Renan Filho teve muita dor de cabeça com a Reserva Técnica.

Pois é pelo edital de vocês, entre a posição 1100 e 2000(*1950 aprox.) ficou foda: vai gastar com exame e viagem, faltar o serviço, sem garantia nenhuma. Agora entre o 1000 e o 1100 não tem com que se preocupar que vai ter eliminado de certeza na 2ª, 3ª e 4ª etapa.

E nessa hora então até “cabelinho de sapo” vai servir para desempatar, só vai para o curso de formação: 1.000! E como sempre há baixas, por falta de adaptação ao meio militar, passar em outro concurso então, formam-se uns 900. E as eleições devem empurrar o curso para terminar antes de Outubro, mas quem sabe né!?

 

11 DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

11.1 Em caso de empate na nota final no concurso, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem:

  1. a) tiver maior idade, conforme o art. 12, § 7º, da Lei Estadual nº 7.858/2016;
  2. b) obtiver a maior nota na prova objetiva de conhecimentos específicos P2;
  3. c) obtiver o maior número de acertos na prova objetiva de conhecimentos específicos P2;
  4. d) obtiver a maior nota na prova objetiva de conhecimentos básicos P1;
  5. e) obtiver o maior número de acertos na prova objetiva de conhecimentos básicos P1;
  6. f) tiver exercido a função de jurado (conforme art. 440 da Lei Federal nº 11.689, de 9 de junho de 2008 – Código de Processo Penal).

 

Dúvidas e Respostas

 

José de Maceió
enviou:

Boa noite.

Existem muitas dúvida que assola não só eu, mais também milhares de candidatos desse certame. Vou listar algumas…

Começando pela questão que de acordo com o edital serão convocados para a segunda etapa 1.800 mais os empatados com o colocado na posição 1.800 ou seja digamos que uma média de 1.950 a 2.000 pessoas.

Feito isso se no final sobrar mais do quê 1.000 digamos como exemplo 1.500

Ou 1.400 então os 400 estarão eliminados descartados

Então todos os gastos

Os exames o deslocamento de muitos que são de outros estados fizeram

Tera sido tudo em vão, qual a opinião de vocês sobre esse ponto?

Com relação a quantidade no curso de formação

Pelo que percebi em concursos anteriores que não foi formado ou feito um curso de formação com uma quantidade de gente tão grande tipo 1.000 pessoas

Então logo se cria uma dúvida se haveria estrutura para suportar todas essas pessoas e forma-las de acordo o padrão exigido.

Será que podera ser dividido em turmas

Tipo 500 2018 500 2019.

 

 

Cidadão-SSP
respondeu:

A PM de Alagoas não tem estrutura permanente para comportar turmas inteiras de mil alunos. Mas para fins temporários há como resolver. Primeiramente, eles dividem os alunos entre Maceió e Arapiraca. Olha Arapiraca, com o 3º BPM nos últimos 10 anos se destacou com um Centro de Formação de boa qualidade e sua capacidade de absorção tem aumentado, então no mínimo 100 podem ir para lá,a té mais, não mais de 350.

Em outras épocas, eles dividiram ainda um grupo foi formado diretamente no Bope, na Cavalaria e outro na Rádiopatrulha. Seria normal que a unidade de Caatinga (Copes) entrasse nisso no processo inteiro ou no término.

 

Olha sobre padrão exigido… pode ser que alguém de lá fique com raiva do que vou dizer, mas o padrão é assim: ótimos instrutores, infraestrutura precária, organização feita por pessoas empenhadas, mas a atribuição fica acima de suas capacidades, devido a quantidade. Mas como se diz no meio militar: “no final, tudo dá certo”; “na hora sai”. Por isso, melhor você ir se acostumando que esse negócio de “padrão exigido” é uma grande ilusão.

 

Alagoas não costuma planejar turmas em cadeia, o que seria muito prudente, eu fui oficial da Academia e instrutor do CFAP, falávamos sobre isso. Sobre um plano de articulação para termos turmas menores, porém regulares. Pernambuco tem feito isso. Mas em Alagoas, cada “lote” de ingressos é uma promessa política que tem que ficar pronta “às pressas” para serem vistos fardados no próximo evento de policiamento.

 

Por isso a turma deva está pronta antes entre as comemorações do sete de setembro e o policiamento das eleições. Mas isso é só uma especulação, analisando o histórico do Estado. É ano de Eleição, temos a crise com contingência orçamentária, são vários fatores.

 

Tudo bom, sou um dos autores do Blog. Não tenho mais vínculo com o Estado, por isso estou fazendo uma análise pelos meus conhecimentos, ok!?

 

Em tese, estes 400 são aprovados e não classificados e constituem uma reserva, não é técnica, ou seja, planejada pelo gestor; Mas é uma reserva constitucional, aos quais a CF concede o direito de ser chamados em preferência a outros de concursos. Mas jurisprudência sobre concursos tem demonstrado que é aprovado já possui esse direito. Em suma, os 400 de seus exemplos de seriam chamados de qualquer jeito, ou teriam o direito acionar na Justiça mesmo do prazo de concurso.  (Informação Errada!)

Anúncios

2 comentários em “Dúvida cruel: quantos vão ser chamados? Porra! Esse Edital é macabro, não tem conversa com nenhum tipo de reserva.”

  1. Bom dia.
    Sou de juazeiro BA e participei da primeira etapa do certame, tive uma pontuação de razoável à boa, se porventura meu nome sair entre os convocados para a etapa seguinte, e minha colocação for abaixo do número de vagas( entre os 800 convocados ), não é viável o meu deslocamento para Maceió, por causa de gastos com exames, hospedagem, visto que só serão convocados os 1000 candidatos melhores classificados para o curso de formação, sendo os demais eliminados do certame.
    Comenta o que você acha disso!
    Obrigado.

Os comentários estão encerrados.