Mobilização Social: Questões e Gabarito

01.  Conforme nos alerta o Dr. Márcio Simeone Henriques da UFMG, há três diferentes tipos de programas de Polícia Comunitária, com estratégias diferenciadas de mobilização social. Primeiramente leia os três trechos abaixo do livro-texto do nosso Curso:
I. Esse “[…] tipo de programa enfatiza os aspectos cooperativos da Polícia Comunitária: a polícia utiliza-se dos “olhos e dos ouvidos” dos residentes e usuários do bairro com a finalidade de potencializar sua capacidade de prevenir crimes e manter a ordem […] Questiona-se em que medidas tais iniciativas de autoajuda contribuem para uma efetiva democratização da função policial”. Há grandes chances de “membros das comunidades” ficarem “expostos a marginalidade”. (pp. 292-293)
II. “Diversos programas associados à Polícia Comunitária revelam tão-somente o interesse da polícia em ampliar e legitimar o seu controle sobre o território. O contato com as organizações comunitárias é visto como estratégia para obtenção de apoio popular, neutralização de críticas e não como forma de engajamento dos cidadãos nos processos de estímulo e participação”. (p. 290)
III. “Caracteriza–se pela participação ativa do público em todos os processos: planejamento local, ações preventivas e de orientação da comunidade, avaliação dos processos e participação nas decisões de interesse coletivo. Ao invés de serem apenas “olhos e ouvidos” a comunidade participa ativamente do planejamento local. Ao invés de consertar viaturas e reformar prédios, a comunidade atua na reeducação de suas ações, na reconstrução social do bairro, ou seja, ações de caráter essencialmente preventivo”. (p. 294)
Marque a alternativa que faz a correlaciona corretamente os trechos acima com os tipos de organização comunitária servindo como meio de
 
A) I. Controle Social; II.  Autoajuda; III. Parceria Decisória.
B) I. Autoajuda; II.  Controle Social; III. Parceria Decisória.
C) I. Autoajuda; II. Parceria Decisória; III. Controle Social.
D) I. Controle Social; II. Parceria Decisória; III. Autoajuda.
E) I. Parceria Decisória; II.  Autoajuda; III. Controle Social.
02. Sobre os níveis de organização comunitária e sua autonomia em relação às agências policiais, selecione a alternativa CORRETA:
 
A) O contato direto e permanente com a adversidade e a insegurança social costuma ter um efeito positivo nos esforços de organização e mobilização social: uni as pessoas em torno de sentimentos de indignação e finalidade comum, o crime parece não mais minar a capacidade de organização comunitária. (p. 286)
B) Estudos americanos sobre a mobilização comunitária indicam a tendência da polícia em procurar grupos de segmentos sociais que apresentam problemas complexos, muitas vezes organizados de forma voluntária, não formal, mais que reivindicam ações sociais das estruturas de governo. (p. 287)
 
C) Em áreas desfavorecidas economicamente, os grupos costumam estar mais preocupados com a resposta aos crimes, ações da polícia mais repressivas, até investem para isso: compras de viaturas, reforma de prédios, aquisição de sistemas de comunicação. (p. 288)
 
D) Organizações que não dependem da polícia para a sua existência podem trazer significativos desafios para a polícia. No pensamento institucional pode significar entraves administrativos, restringindo a sua discricionariedade; no pensamento social amplia o controle da polícia; na filosofia de polícia comunitária amplia e aprimora as ações conjuntas, tanto da polícia como da sociedade. (p. 289)
 
E) Em áreas mais nobres de classe alta e média, a experiência cotidiana com a arbitrariedade ou a indiferença governamental e policial pode tornar os cidadãos mais vigilantes. Ao invés de simplesmente pressionarem por mais presença policial, se mostram mais preocupados com os mecanismos de controle de abusos e corrupção policial. (p. 289)
 
 
 
Gabarito | Mobilização Social
Questão 01 – Letra B
Questão 02 – Letra D

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: