Somente a PEC não resolve!

17 de julho de 2013

Levantem bravos soldados! Lutem por mais do que PEC 300. O que adiantará a conquista salarial e continuar sendo tratado com desprezo e humilhação, nas relações internas. Sistema no qual, não se pode expressar livremente. No qual daqui a uma década, quando esse salário estiver desvalorizado, não poderá fazer manifestação alguma para cobrar sua melhoria. No qual basta não cumprir com as vaidades e pode ser transferido de um canto para outro sem nenhuma consideração. Um sistema no qual é preciso perder a vergonha na cara, para se subjulgar a uma subserviência assustadora para obter míseros pontos para a promoção. Um sistema que não lhe acude na doença, nem quando por ele você luta e acaba dando “merda” na rua. Um sistema que lhe bonifica, se somente se você der a ele mais suor, mais sangue, batendo metas e se ausentando de casa e da família. Um sistema que obriga a fazer aquilo que claramente não funciona ou lhe faz ser um colaborador dos jogos sujos de interesses exclusos, para que alguns poucos possam trocar de carro, passear de iate, jantar com elegância e construir mansões. Enquanto você sai ao combate de rua sempre com alguma carência de equipamento. Do que adiantará a PEC 300, sem as demais conquistas? Servirá de um grande cala boca, tal qual são dados nas chefias, diretorias e subsecretarias. Levantem povo de fibra. Lutemos pela PEC 300 se isso lhes agrada, mas essa é só a primeira batalha de uma guerra maior.


Policial, desumano ou desumanizado?

17 de julho de 2013

O intenso processo de descidadanização e desumanização sofrido pelos policiais desde a formação e durante todo período de serviço e agravada ainda mais no desprezo da inatividade, são catalisadores para gerar dentro desses “profissionais” uma completa insensibilidade para com os sofrimentos do verdadeiro povo sofrido desse país, aos quais a atividade de polícia primeiramente teria que os ter como beneficiários, já que dizem ser uma sociedade organizada nos princípios democráticos. Alguns enxergam, mas estão imobilizados e amordaçados, sem poder dizer a verdade. No fim, temos indivíduos robotizados mais suscetíveis a um controle mecânico, para mecanicamente servirem de rolo compressor sobre a comunidade. E nisso tudo, pobres infelizes não percebem, que assim como a periferia sofre também sofre o não-cidadão policial.

Nossa luta, não é por uns malditos sanguinários e corruptos empregados de um sistema de opressão que se instrumentaliza pela desigualdade social. Não somos apenas 400 mil agentes do Estado. Não somos apenas 400 mil brasileiros, que sofrem tal qual o restante do nosso povo. Somos 400 mil famílias em todo o país, chefiadas por trabalhadores fiéis, que se possível viram noites uma a trás da outra entre o emprego e a viração (bico), para dar a essas mesmas famílias, tudo aquilo que já se paga nos impostos. Essa é a força dos policiais militares no Brasil, não são 400 mil homens armados, são no mínimo um milhão e meio de pessoas entre maridos, esposas e filhos que unidos podem mudar a forma de tratar a comunidade para passar a cobrar uma forma mais humana de ser tratado.


FN, quando a hora chegar, de que lado você vai está?

17 de julho de 2013

983962_154887884694859_588659030_n

 


Coronel Dimas entrevistado pelo Segurança em Debate

17 de julho de 2013

Entrevista do programa Segurança em Debate, da TV Farol Alagoas ao Coronel Dimas Barros, Comandante Geral da Polícia Militar de Alagoas.

Publicado no YouTube em  22/05/2013.


Algumas coisas sobre etilômetro

2 de julho de 2013

Este slideshow necessita de JavaScript.

Link de manuais de uso do Alcotest 7410Plus:

Manual 01 | Manual 02 | Manual 03 | Manual 04

Reportagem TVCeará – Grande C Jornal

Reportagem da RedeTV

Inspetor da PRF explica como funciona etilômetro

 

NOVA LEI SECA

Lei n.º 12.760, 20.12.2012

Resolução 432 – Contran

PRF – Perguntas e Resposta

NBR ENTREVISTA – 21.01.13: Começou a valer no fim de dezembro de 2012 a nova Lei Seca, que torna válidos novos meios para provar a embriaguez, como vídeos, exames clínicos, testemunhos dos policiais e não mais apenas o bafômetro. As alterações no Código de Trânsito Brasileiro aprovadas pelo Congresso foram sancionadas pela presidenta Dilma Rousseff e publicadas no Diário Oficial da União. Quem dá mais detalhes é Marivaldo Pereira, secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça.

Publicado em 28/02/2013 – Alagoas Cursos Online: Aula sobre a Nova Lei Seca – Legislação de Trânsito – Lei 12.760 e Resolução 432 do CONTRAN – Prof. Ednilson Silva – http://www.alagoascursos.com.br

Palestra de Atualização – Luiz Flávio Gomes – Comentários a Nova Lei Seca
Está em vigor desde 21 de dezembro de 2012 a nova lei seca (Lei 12.760/12), que endureceu mais uma vez o Código de Trânsito. Indaga-se: o crime de dirigir veículo automotor em estado de embriaguez (art. 306), agora, com a redação dada pela nova lei, é de perigo abstrato ou concreto?