Seu nome é Jonas

Atividade Extra

Para conhecermos melhor o mundo do surdo, escolhemos um filme que conta a história de criança aprende línguas de sinais para sair do isolamento. Tratada a princípio com deficiente mental e incapaz, somente pode desenvolver a plenitude de suas relações, quando pode expressar o que sentia, pensava e desejava através da Língua de Sinais.

Para o nosso contexto de estudo aplicado ao uso dos agentes do Estado, é importante frisar que o surdo quando se depara com uma situação em que tem direito a exercer algumas das prerrogativas de sua cidadania, mas isso lhe é impedido ou negado pela falta de algum elemento constitutivo da comunicação, ele volta a situação de Jonas.

Perdido em seu próprio mundo, torna-se ansioso, angustiado, frustrado. Aí está o motivo de porque o Estado precisa manter esse acesso diferenciado, mediante a Língua de Sinais, os intérpretes, a legendas dos áudio-visuais, as centrais telefônicas apropriadas, as escolas especiais, as vagas por quota nas empresas etc.

Informações Técnicas
Título no Brasil:  E Seu Nome é Jonas
Título Original:  And Your Name Is Jonah
País de Origem:  EUA
Gênero:  Drama
Tempo de Duração: 100 minutos
Ano de Lançamento:  1979

Sinopse:

Meu nome é Jonas, mostra uma realidade que poucas pessoas conhecem. A dificuldade que uma pessoa surda, neste caso surda e muda, passa até ser compreendido. Neste filme o Jonas ficou três anos internado como deficiente mental. Este diagnóstico errado deixou esta criança e seus familiares com grande problema de entendimento, pois ele não foi tratado como deveria neste tempo que esteve internado. Quando voltou para casa, não era entendido, não conseguia fazer-se entender. O filme nos mostrou a realidade da família, a dificuldade de lidar com o problema e mais o preconceito de todos. Só depois de muita procura e insistência a mãe conseguiu que o filho conhecesse a linguagem dos sinais, a qual na época não era aconselhada por muitas pessoas, mas só assim ele pode comunicar-se, tornando-se uma pessoa mais feliz e integrada com a sociedade, consequentemente sua mãe também ficou muito feliz.

Parte 1.1 http://www.youtube.com/watch?v=dnCbe6KG5u0&feature=related
Parte 1.2 http://www.youtube.com/watch?v=p7vUknIbyrM&feature=related
Parte 2.1 http://www.youtube.com/watch?v=YCnQ70AUVRE&feature=related
Parte 2.2 http://www.youtube.com/watch?v=1hGmil8_PEE&feature=related
Parte  3.1 http://www.youtube.com/watch?v=59KcJtRoq4g&feature=related
Parte  3.2 http://www.youtube.com/watch?v=Bw6_oOUbVoM&feature=related
Parte 4.1 http://www.youtube.com/watch?v=VnwICQ7-KqI&feature=related
Parte 4.2 http://www.youtube.com/watch?v=MaKNuNSIDUY&feature=related
Parte 5.1 http://www.youtube.com/watch?v=ugWvIi7smR0&feature=related
Parte 5.2 http://www.youtube.com/watch?v=0y5PyGpjMRw&feature=related
   
Filme inteiro http://www.youtube.com/watch?v=hdMZ2kTF2g8

 

Proposta

  1. Ler primeiro em grupo o texto introdutório e a sinopse;
  2. Assistir o filme;
  3. Elaborar uma redação com no mínimo 10 linhas e no máximo 30 linhas, falando de suas percepções sobre o filme, fazendo referências a situações do cotidiano, que o surdo se envolve com eventos oficiais ou similares em que a responsabilidade por consegui a comunicação é do Estado.
  4. Fazer leitura dos diplomas legais abaixo relacionados e se preparar com a redação, para um debate da turma:
    1. Lei Federal n.º 10.098, de 19 de dezembro de 2000

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L10098.htm

 

  1. Decreto presidencial n.º 5.626, de 22 de dezembro de 2005

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5626.htm

 

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: