A Corregedoria me chamou, e agora (“fudeu?”)

15 de abril de 2009

Problemas disciplinares frutos de uma abordagem policial

Continuando a série sobre Abordagem Policial, vamos falar sobre o pós-abordagem. Aquela inconveniente situação, que somente ocorre de dois dias a quinze dias depois: uma notificação dizendo que você foi acusado de cometer abusos na revista. Pois é, camarada. Aquele seu desafeto na polícia quando procurado pelo cidadão civil vai logo apontar: vá denunciar na Corregedoria.
Mas para prosseguir a leitura precisamos diferenciar as situações, do que vamos propor como saídas de defesa serve para aqueles que fizeram o que manda os manuais e mesmo assim o pretenso ofendido, como costumamos chamar o cidadão civil denunciante, se sentiu constrangido. Para esses casos de mal comportamento do próprio abordado, quando ele mesmo é o causador das dificuldades na atuação policial é que disponibilizamos uma sugestão de doutrina e jurisprudência.
Para os casos em que o problema foi causado por excessos do policial, que apesar de saber de seu limite legal o transpôs, nossas recomendações são de procurar um bom advogado e na próxima vez se acalme, lembre-se que nem todo abordado é bandido, de que disparo para cima é besteira. Lembre-se ainda que pesquisas comprovam a eficiência de uma ação vigorosa, porém com uma verbalização firme-amenizadora. Entendeu? Agir com vigor, e de forma firme, dizendo: Bom dia, polícia militar, queiram todos cooperar… A Polícia Militar agradece… É para sua própria segurança.
Segue um texto de uma defesa mostrando o respaldo legal da abordagem policial, explicando que problemas podem ser causados pelo próprio abordado, que a abordagem é um mal aceitável em prol da segurança da sociedade, que não haveria cabimento da revista preventiva necessitar de mandado judicial, de que um empurrão nada mais é do que um golpe de contato (Krav Maga), que a finalidade da sindicância não é punir, mas oferecer oportunidade de defesa ao acusado. Leiam é muito interessante e útil:

Continue lendo »

Anúncios

A polícia me parou (“fudeu”) e agora?

7 de abril de 2009


ParanáTV – Globo

Como diria um amigo meu, oficial do 3º BPM: nós policiais além de prestarmos o serviço de segurança, também somos naturalmente consultores de segurança para a sociedade. Nesse ponto nos caberia falar sobre dicas de segurança, como evitar um assalto ou proteger melhor sua residência. Contudo os problemas que temos enfrentado no dia-a-dia com resultados, algumas vezes desastrosos em abordagens policiais me fizeram procurar na internet sobre: “Como o cidadão deve se comportar durante uma abordagem policial”.

E apresento agora o resultado dessa pesquisa. Vídeo explicativo da ParanáTV – Globo,  Folheto em PDF da Secretaria Especial dos Direitos Humanos – SEDH e um texto elaborado por um PM, com um certo humor negro para playboyzinho ler.

folhetoFolheto.pdf

Continue lendo »


Taser! Taser!

3 de abril de 2009

Estou com um vermelhidão nas costas, a perna esquerda puxando e uma agonia no meio do peito. Esses foram os resultados do teste da Taser em mim. Acabo de voltar da cidade de Arapiraca, distante 100 Km de onde moro. Lá tivemos um treinamento de uso da arma de baixa letalidade mais usada nos Estados Unidos, que passou a ser usada por várias forças policiais de outros países.

A Taser é uma arma de pressão por ação de gás comprimido que projeta dois dardos, semelhantes a anzóis ou agulhas, que se fixam na pele do oponente, seguidos por uma fiação de aço, por onde é emitido pulsos elétricos de alta voltagem e baixa corrente. A emissão desses pulsos seguem o padrão das ondas cerebrais, causando a paralisação do Sistema Nervoso Motor Voluntário, fazendo que os músculos se contraiam.

A Polícia Militar de Alagoas recebeu 100 armas desse tipo da Secretaria Nacional de Segurança Pública e esse treinamento por qual passamos serviu para habilitar as Unidades Operacionais a receberam tais armas.

Gostaria de registrar agradecimento aos nossos instrutores, que souberam nos passar as informações e técnicas de uso com uma excelente abordagem:

Ten Maikel / Ten Silvio / Ten Helquias Pereira / Ten Marcelo / Asp Ricardson

Estou disponibilizando o material repassado por eles e links, inclusive de vídeos do treinamento.

Vídeo Institucional: Taser Brasil

Vídeos  Treinamento – 3º BPM / Arapiraca – Abr09